Santana do Ipanema - quarta, 26 de abril de 2017
  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
Pe. José Neto de França
Conheça o colunista Fale com o colunista
 

08/04/2017
O VESTIR NÃO REVELA NECESSARIAMENTE QUEM VOCÊ SEJA
 
Entre tantas coisas que caracteriza uma pessoa, uma cultura estão suas vestimentas.

Pelas vestes de uma pessoa você pode ter indícios de sua personalidade, seus gostos, sua espiritualidade, sua cultura...

Mas, será que a forma como você se veste revela realmente quem você é?

Respondo: “- Não necessariamente!”

Recordo-me de uma discussão surgida durante um seminário de estudos, no qual estava presente, em julho de 1999, em Leggiuno, Itália, ocasião em que participava de um Curso Internacional para formadores de Seminários Diocesanos. Um sacerdote africano fez uma colocação falando que todos os cléricos deveriam, obrigatoriamente, vestir-se a rigor, “clergyman” ou “batina”, no seu dia-a-dia. Procurou justificar sua fala no fato de que seria facilmente reconhecido em qualquer lugar que chegasse.

Ora, ouvindo, sem se preocupar com o senso crítico, até que ele poderia ter razão. Tanto porquê, nessa mesma viagem que fiz a Itália, na saída do Brasil, um sacerdote que me acompanhou na ida, não estava de “clergyman” e foi “revistado” na passagem para a ala de embarque, enquanto eu que estava, não fui.

Porém, na escala/conexão em Lisboa, os dois, ele e eu fomos revistados. Esse segundo fato derrubou o argumento do padre africano.

Nos diversos argumentos prós e contras que se deram a partir da colocação do referido sacerdote, foi citado o caso de um traficante preso em um aeroporto, não me recordo se europeu ou asiático, vestido como um sacerdote.

As vestes, de fato, são importantíssimas. Cada pessoa, ao se vestir, deve se adequar a sua cultura, seus gostos, aos eventos que participa; sempre com sobriedade, evitando escândalos...

Eu, como sacerdote, normalmente em solenidades estou de “clergyman” ou de batina; em algumas viagens uso “clergyman”... mas não dispenso uma outra vestimenta sóbria, respeitosa, de acordo com o meu gosto, minha idade. Isso não altera a essência de meu sacerdócio ministerial. Importa que em me sinta bem, sem gerar transtornos para os outros ou para mim.

“Clergyman” ou a batina são importantes no contexto clerical, mas não essencial… O valor do sacerdote não está em suas vestimentas, mas no seu coração, suas palavras, suas atitudes… As roupas, como o corpo físico são temporais; o sacerdócio é eterno: “Tu és sacerdos in aeternum”.

Prova disso é que são incontáveis os pedófilos e afins que ao longo da história da Igreja se travestiram de roupas clericais para esconderem suas patologias… Nas profissões seculares, também.

Portanto, o vestir não revela necessariamente quem você seja!

Últimas publicações
- EU, LIVRE A FAZER-ME
- O VESTIR NÃO REVELA NECESSARIAMENTE QUEM VOCÊ SEJA
- CRIANÇAS E ADOLESCENTES NÃO SÃO ADULTOS: RESPEITE-OS!
Colunistas
Antonio Machado
CENTENÁRIO DE DAVID NASSER
Archimedes Marques
DELEGADO ARCHIMEDES CONTRA O MATA SETE
Augusto Ferreira
Solidariedade começa com pequenos gestos
Carlindo de Lira
INTERIORIZAÇÃO versus METROPOLIZAÇÃO
Carlito Lima
SOCORRINHO
Cicero de Souza Sobrinho (Prof. Juca)
Fabulosa
Clerisvaldo B. Chagas
Resposta Benigna a Machado
Djalma Carvalho
O PRAZER DE VIAJAR
Fábio Campos
DIFÍCIL DE ACREDITAR, PORÉM É VERDADE!
João do Mato
O QUE É UM PROBLEMÃO PODE TORNAR-SE UMA SOLUÇÃO
Joaquim José Oliveira Chagas
RETALHOS DE UM PAÍS
José Ailson Ferreira Leite
ESPECIAL SEMANA SANTA - DOMINGO DE PÁSCOA
José Antônio (Toninho)
Cirurgiões-dentistas ganham autorização para solicitar exames complementares
José Avelar Alécio
ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
José de Melo Carvalho
AFONSO ALECIO GOMES, UM BANCÁRIO EXEMPLAR
José Malta Neto
ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA
José Vaneir Soares Vieira
VIII - A TERRA E O CÉU FUGIRAM DE DEUS - i
Luciene Amaral da Silva
O DESAFIO DE UMA VIDA SAUDÁVEL
Manoel Augusto
Jogos de azar !!!???
Maria Lúcia Nobre dos Santos
RIO BALDO
Marta Alves Lemos
Três amores
Paiva Netto
Roteiro do êxito na vida
Pe. José Neto de França
EU, LIVRE A FAZER-ME
Pedro Cardoso Costa
REFORMA DA PREVIDÊNCIA: QUAL EMPREITEIRA ESTÁ BANCANDO?
Rogivaldo Chagas
A NATUREZA DAS ESCOLHAS
Sibele Arroxellas
E dois anos se passaram...

Últimas Atualizações
CENTENÁRIO DE DAVID NASSER
DIFÍCIL DE ACREDITAR, PORÉM É VERDADE!
REFORMA DA PREVIDÊNCIA: QUAL EMPREITEIRA ESTÁ BANCANDO?
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados