Santana do Ipanema - quinta, 18 de janeiro de 2018

  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
Manoel Augusto
Conheça o colunista Fale com o colunista
 

03/01/2011
Feliz Ano Velho! Feliz Ano Novo...
 
Rosa Cecília Wanderley Silva de Azevedo

Final de ano é época corrida. Muitos compromissos a cumprir. Provas finais, compras de Natal, acabamento daquela reforma na casa, além das confraternizações do trabalho, da faculdade, da academia, da turma do colégio...ufa!

É a última chamada para tudo o que não foi feito durante o ano! É aí que entram as listas, tão comuns nessa época. Tudo o que não se concretizou no ano atual é transferido para o próximo. Um exercício de esperança!

Gostaria de sugerir mais uma lista. Mas não é de promessas. Convido­lhe, querido/a leitor/a, a lembrar do início do ano. Faz tanto tempo! Ou parece que foi ontem? Enfim, vamos lá para quando 2010 era apenas um bebê e ensaiava seus primeiros passos...

Pegue papel e caneta ou, se preferir, repasse mentalmente os acontecimentos que afetaram o seu dia­após­dia em 2010. Tente lembrar o que cada um fez você pensar e sentir. Houve bons momentos, outros nem tanto e também aqueles que talvez façam com que você deseje que 2010 acabe logo. Mas todos tem algo em comum: o fato de terem contribuído para você ser você mesmo hoje. E isto, acredite, é muito.

Este exercício fará com que você pare um pouco, nem que seja por dez minutinhos, e dedique este tempo ao velho e desgastado 2010. Ele se sentirá feliz. Talvez até esqueça o ressentimento pelo fato de todas as atenções agora irem para seu irmão mais novo, 2011, que ainda nem nasceu!

Renda­lhe esta homenagem enquanto é tempo. Ele ainda está aqui. Dedique este momento a ele, como faria com um antepassado ou amigo velhinho que se despede da vida. Dê­lhe a oportunidade de dar conselhos e instruções, de explicar sua últimas vontades dignamente, de deixar um legado para a posteridade.

O que fará com o que ouvir caberá apenas a você, no ano que vem. Hoje, porém, apenas ouça.Talvez você discorde de tudo o que ele lhe disser. Possivelmente vocês dois tenham passado os últimos doze meses brigando. Mesmo que assim tenha sido, perceba o quanto as frustrações que 2010 possa ter lhe trazido fizeram de você alguém melhor e mais consciente do que quando ele começou.

Não digo para forçar a barra e dizer que foi tudo maravilhoso. Apenas para olhá­lo nos olhos e cumprimentá­lo com respeito, como dois atletas ao final de uma partida. Ou como a um professor cuja sabedoria intimamente reconhecemos e agradecemos, mesmo que discordemos de seus métodos.

Enfim, faça as pazes com o ano! Deixe que ele vá em paz, liberte­se dele e abra os braços para 2011!





Últimas publicações
- Jogos de azar !!!???
- SANTANA DOP IPANEMA, A CIDADE DAS 7 COLINAS!...
- Diário de um Caipira - Paris
Colunistas
Antonio Machado
ANO NOVO, PROBLEMAS VELHOS.
Archimedes Marques
DELEGADO ARCHIMEDES CONTRA O MATA SETE
Augusto Ferreira
Solidariedade começa com pequenos gestos
Carlindo de Lira
INTERIORIZAÇÃO versus METROPOLIZAÇÃO
Carlito Lima
SOCORRINHO
Cicero de Souza Sobrinho (Prof. Juca)
Fabulosa
Clerisvaldo B. Chagas
Resposta Benigna a Machado
Djalma Carvalho
DOUTOR E VAIDADE
Fábio Campos
NEM MEIO, NEM METADE, NEM MEIA VERDADE.
João do Mato
O QUE É UM PROBLEMÃO PODE TORNAR-SE UMA SOLUÇÃO
Joaquim José Oliveira Chagas
RETALHOS DE UM PAÍS
José Ailson Ferreira Leite
TECLADISTA, PIANISTA E ORGANISTA - PARTE I - O PIANISTA
José Antônio (Toninho)
Cirurgiões-dentistas ganham autorização para solicitar exames complementares
José Avelar Alécio
ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
José de Melo Carvalho
AFONSO ALECIO GOMES, UM BANCÁRIO EXEMPLAR
José Malta Fontes
NÔ PEDROSA
José Vaneir Soares Vieira
VIII - A TERRA E O CÉU FUGIRAM DE DEUS - i
Luciene Amaral da Silva
DETALHES
Manoel Augusto
Jogos de azar !!!???
Maria Lúcia Nobre dos Santos
RIO BALDO
Marta Alves Lemos
Desabrochando pra vida!
Paiva Netto
Religião não rima com intolerância
Pe. José Neto de França
VOCE SE CONSIDERA UMA PESSOA MEDROSA?
Pedro Cardoso Costa
ABRAÇO DE AFOGADOS
Rogivaldo Chagas
A NATUREZA DAS ESCOLHAS
Sibele Arroxellas
TAMBORIM

Últimas Atualizações
Religião não rima com intolerância
ANO NOVO, PROBLEMAS VELHOS.
NEM MEIO, NEM METADE, NEM MEIA VERDADE.
 
© 2001/2018 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados