Santana do Ipanema - segunda, 23 de outubro de 2017

  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
Manoel Augusto
Conheça o colunista Fale com o colunista
 

15/03/2008
Manifesto sobre a Praça das Artes
 



Uma foto vale mais do que mil palavras!...
Assim sendo, e com a humildade do cidadão que se sente desrespeitado na sua própria terra, trago ao conhecimento público o espelho de um governo desastrado e revanchista, que não consegue ver os seus munícipes como os verdadeiros objetos da sua administração, os fiadores da sua eleição e dos seus atos. A praça das Artes no Bairro de São José ou Cohab Velha bem define essa triste realidade. Construída na administração anterior, agregou recursos da Prefeitura (cerca de R$ 25.000,00 – vinte e cinco mil reais), doações de materiais e parcerias de membros da comunidade, incluindo transplante de árvores, artes e manutenção do logradouro. A comunidade sentia-se orgulhosa e vencedora, já que se tratava de uma obra reivindicada há mais de 20 anos. Conforme as fotos da inauguração, trata-se da maior praça de lazer de nossa cidade. Entretanto, como diz o dito popular, “alegria de pobre dura pouco”, já em janeiro de 2005 a nova administração retirou a vigilância, ensejando daí o vandalismo e roubo dos materiais da praça, tais como caramanchão, brinquedos, arborização e peças ornamentais, culminando com a retirada do monumento central cerca de 1 mês atrás, constituído de 3 tubos de ferro pintados nas cores da bandeira de Alagoas, dispostos sobre um círculo cimentado e iluminados por holofotes concretados no piso e protegidos por vidros de 10 mm. Estes tubos, pesando cerca de 100 kg, foram retirados por funcionários da Prefeitura sob as ordens do “Assessor municipal” senhor Cícero Sebastião, conforme nos informou o proprietário do Ferro Velho da Barragem, que os adquiriu. Achei estranho e inusitado tal procedimento, uma vez que a alienação de bens públicos só pode ser feita com autorização das respectivas Câmaras Municipais ou em leilões devidamente organizados para esse fim. Santana do Ipanema parece copiar o exemplo de Queimados na Bahia, permitindo que o patrimônio público fique entregue ao abandono, sujeito ao vandalismo, aos roubos constantes e seja até vendido e ou ocupados por particulares. Aos apelos da comunidade, a Prefeitura respondeu com indiferença, culminando com a ação destruidora e reprovável dos próprios servidores da Prefeitura que depredaram e venderam em benefício próprio o que eles chamam de sucata, não interessando se são materiais de construção, equipamentos ou uma “simples arte” encravada numa praça pública, doado por um cidadão dessa mesma comunidade. Registro, pois, o meu protesto e daquela comunidade diante de fatos que pensamos serem degradantes e portanto merecedores de no mínimo uma investigação e punição dos envolvidos. A quem interessar possa...

MAAS.


Últimas publicações
- Jogos de azar !!!???
- SANTANA DOP IPANEMA, A CIDADE DAS 7 COLINAS!...
- Diário de um Caipira - Paris
Colunistas
Antonio Machado
OS LIMERIQUES DAS ALAGOAS
Archimedes Marques
DELEGADO ARCHIMEDES CONTRA O MATA SETE
Augusto Ferreira
Solidariedade começa com pequenos gestos
Carlindo de Lira
INTERIORIZAÇÃO versus METROPOLIZAÇÃO
Carlito Lima
SOCORRINHO
Cicero de Souza Sobrinho (Prof. Juca)
Fabulosa
Clerisvaldo B. Chagas
Resposta Benigna a Machado
Djalma Carvalho
PORTUGAL E SANTIAGO DE COMPOSTELA
Fábio Campos
O DITO, PELO NÃO DITO
João do Mato
O QUE É UM PROBLEMÃO PODE TORNAR-SE UMA SOLUÇÃO
Joaquim José Oliveira Chagas
RETALHOS DE UM PAÍS
José Ailson Ferreira Leite
ESPECIAL SEMANA SANTA - DOMINGO DE PÁSCOA
José Antônio (Toninho)
Cirurgiões-dentistas ganham autorização para solicitar exames complementares
José Avelar Alécio
ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
José de Melo Carvalho
AFONSO ALECIO GOMES, UM BANCÁRIO EXEMPLAR
José Malta Fontes
SERTÃO EM FLOR
José Vaneir Soares Vieira
VIII - A TERRA E O CÉU FUGIRAM DE DEUS - i
Luciene Amaral da Silva
DETALHES
Manoel Augusto
Jogos de azar !!!???
Maria Lúcia Nobre dos Santos
RIO BALDO
Marta Alves Lemos
Desabrochando pra vida!
Paiva Netto
Saúde mental e Espiritualidade
Pe. José Neto de França
TIROTEIO NO COLÉGIO GOYASES: UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA?
Pedro Cardoso Costa
ABRAÇO DE AFOGADOS
Rogivaldo Chagas
A NATUREZA DAS ESCOLHAS
Sibele Arroxellas
TAMBORIM

Últimas Atualizações
Saúde mental e Espiritualidade
TIROTEIO NO COLÉGIO GOYASES: UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA?
O DITO, PELO NÃO DITO
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados