Santana do Ipanema - quinta, 22 de junho de 2017
  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
José Avelar Alécio
Conheça o colunista Fale com o colunista
 

17/06/2012
ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
 
A imprensa destaca que este ano os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio chegam a quase 6 milhões e meio de estudantes. A maioria dos inscritos estão nos estados do sul/sudeste; do nordeste apenas destaca-se a Bahia.
Os estados que tiveram maior número de candidatos foram São Paulo (1.068.517), Minas Gerais (723.644), Rio de Janeiro (474.046), Bahia (458.101) e Rio Grande do Sul (394.641).
O Ministro da Educação Aloizio Mercadante anuncia investimento alto no processo, fortalecendo ainda mais esse Exame. As perspectivas é a de ainda permanecerá por muito tempo como a forma oficial do estudante chegar a universidade pública em nosso país.
Aloizio Mercadante sinaliza que serão criados alguns “filtros” para fortalecer ainda mais o processo de avaliação, e entre esses filtros investirá na “Redação” – aumentando o número de profissionais responsáveis pela correção dessas redações.
Tem-se observado ao longo dos anos a migração de centenas de estudantes de outras regiões para as nossas universidades, especialmente a UFAL e para os cursos de Medicina, por exemplo.
Uma série histórica de aprovados, tem mostrado que a antiga Escola de Ciências Médicas de Alagoas, atual Uncisal, de há muito tempo vem formando médicos de outros estados brasileiros.
Relembrando a história das escolas de medicina de Alagoas, em se referindo ao processo de criação, está plenamente clarificado que suas criações resultara de lutas hercúleas de alagoanos dinâmicos e capazes, como o Dr. Ib Gato Falcão.
Alagoanos de fibra, coragem e patriotismo lutaram firmemente para que o sonho se transformasse em realidade. Graças a essa luta muitos alagoanos, naquela primeira década conseguiram graduar-se em medicina e contribuir para essa área em Alagoas. Muitos ficaram aqui e ajudaram nossa medicina crescer.
Os anos foram passando e infelizmente a realidade do Estado desvalorizando a luta e contribuição desses bravos alagoanos de outrora. Nossos governantes passaram a não priorizar a Educação em seus programas de governo.
Sempre estudei em escola pública e graduei-me em Medicina aqui em Alagoas, na então Escola de Ciências Médicas.
Não sou educador, mas imagino que a qualidade do ensino público em nosso estado vem se deteriorando visivelmente ao longo dos anos. Sem que nenhum governante desenvolva um olhar diferente para isso!
Tenho quase certeza de que, hoje um professor integrante da banca examinadora do Enem que for corrigir uma prova de Redação, sem nem olhar identificação e origem do estudante, pela forma de redigir, desenvolvimento do texto, ortografia; saberá este professor, de imediato que aquele estudante não vem de uma escola pública de Alagoas.
Isto é lamentável! Não estou afirmando que não possa aqui acolá sair um estudante de uma de nossas escolas públicas que saiba redigir. Isto acontecerá, mas será fato isolado; e se existe é por mérito próprio do estudante!
Acredito que nosso estado possua bons e dedicados professores, lotados em escolas públicas. Porém...”uma andorinha só não faz verão”!
Após as necessárias considerações, “retrato da nossa educação”, voltemos ao assunto ENEM.
Vejo com muita preocupação o futuro de nosso estado, quando suas universidades públicas fazem opção plena pelo ENEM. Ao menos na área médica, a qual conheço e milito, “VAMOS CONTINUAR FORMANDO MÉDICOS PARA OUTROS ESTADOS BRASILEIROS”.

Últimas publicações
- ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
- UM CARDIOLOGISTA PARA O HOSPITAL DR. CLODOLFO RODRIGUES DE MELO
-
Colunistas
Antonio Machado
DIA DOS NAMORADOS
Archimedes Marques
DELEGADO ARCHIMEDES CONTRA O MATA SETE
Augusto Ferreira
Solidariedade começa com pequenos gestos
Carlindo de Lira
INTERIORIZAÇÃO versus METROPOLIZAÇÃO
Carlito Lima
SOCORRINHO
Cicero de Souza Sobrinho (Prof. Juca)
Fabulosa
Clerisvaldo B. Chagas
Resposta Benigna a Machado
Djalma Carvalho
A MENINA DO PASSO
Fábio Campos
SANTO ANTÔNIO, EU VOU DE BICICLETA!
João do Mato
O QUE É UM PROBLEMÃO PODE TORNAR-SE UMA SOLUÇÃO
Joaquim José Oliveira Chagas
RETALHOS DE UM PAÍS
José Ailson Ferreira Leite
ESPECIAL SEMANA SANTA - DOMINGO DE PÁSCOA
José Antônio (Toninho)
Cirurgiões-dentistas ganham autorização para solicitar exames complementares
José Avelar Alécio
ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
José de Melo Carvalho
AFONSO ALECIO GOMES, UM BANCÁRIO EXEMPLAR
José Malta Neto
FRANCISCO JOSÉ, 40 ANOS NO AR
José Vaneir Soares Vieira
VIII - A TERRA E O CÉU FUGIRAM DE DEUS - i
Luciene Amaral da Silva
O DESAFIO DO CUIDADO
Manoel Augusto
Jogos de azar !!!???
Maria Lúcia Nobre dos Santos
RIO BALDO
Marta Alves Lemos
Três amores
Paiva Netto
Doe vida
Pe. José Neto de França
CICATRIZES OU FERIDAS?
Pedro Cardoso Costa
REFORMA DA PREVIDÊNCIA: QUAL EMPREITEIRA ESTÁ BANCANDO?
Rogivaldo Chagas
A NATUREZA DAS ESCOLHAS
Sibele Arroxellas
E dois anos se passaram...

Últimas Atualizações
Doe vida
CICATRIZES OU FERIDAS?
Vencendo as diferenças
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados