Santana do Ipanema - quinta, 17 de agosto de 2017
  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
Augusto Ferreira
Conheça o colunista Fale com o colunista
 

29/06/2010
Solidariedade começa com pequenos gestos
 
O Brasil passa por momento de alegria, crise e caos. A televisão, em busca de audiência tem espaço de manhã, tarde e noite sobre o evento da África do Sul. Os brasileiros são estampados na mídia com sorrisos largos e confiantes de que seremos hexa e isso significa reconfirmar que a seleção brasileira é a melhor do mundo. Dunga se zangou no início do campeonato com a mídia, mas assessorado pelos seus braços direito mudou de postura. Não tenho dúvidas de que em breve estará dando entrevistas exclusivas a televisão mais poderosa e intocável do país.

Pelos últimos dados já são mais de 80 mil desabrigados com as enchentes de Alagoas e Pernambuco. A televisão mostra as desgraças quase que por obrigação. Acompanhei hoje pela manhã o noticiário e constatei. Duas partes inteiras para as notícias da Copa e 45 segundos para as desgraças do nordeste. Os telejornais, que deveriam ter um papel social, informar, mas também ajudar às mudanças não está preocupado com isso. Pão e circo são mais cômodos e lucrativos.

Enquanto a seleção brasileira tira lágrimas de emoção da torcida, a televisão apresenta o espetáculo nas principais cidades do país, todos comemorando e chorando, a população atingida pelas chuvas no nordeste do país chora por perder tudo que conseguiu com muito sacrifício. Há famílias completamente sem rumo, sem perspectivas, sem sonhos... e o que resta é chorar, não de emoção, mas de desespero.

A mídia não merece elogios na cobertura dos desastres. Seu papel tem sido insignificante enquanto compromisso social, porém merece elogios a população brasileira que tem se mostrado solidária. São centenas de voluntários que trabalham para minimizar os problemas nesses Estados. As doações para as primeiras necessidades chegam de todo país. É a união fazendo a força. Vamos juntos ajudar a reconstruir as cidades atingidas pelas chuvas em Alagoas e Pernambuco. Esse povo precisa voltar a sorrir. Mídia e Dunga a parte, nosso compromisso como cidadão é ajudar os nossos irmãos que estão em situação difícil.

Últimas publicações
- Solidariedade começa com pequenos gestos
- Ficha Limpa e futebol
- A escola mais querida da região sertaneja
Colunistas
Antonio Machado
79 ANOS DO FINAL DO CANGAÇO
Archimedes Marques
DELEGADO ARCHIMEDES CONTRA O MATA SETE
Augusto Ferreira
Solidariedade começa com pequenos gestos
Carlindo de Lira
INTERIORIZAÇÃO versus METROPOLIZAÇÃO
Carlito Lima
SOCORRINHO
Cicero de Souza Sobrinho (Prof. Juca)
Fabulosa
Clerisvaldo B. Chagas
Resposta Benigna a Machado
Djalma Carvalho
DEFESA ARROJADA
Fábio Campos
“HAND SPINNER”: VOCÊ PERTENCE A ESSA GERAÇÃO?
João do Mato
O QUE É UM PROBLEMÃO PODE TORNAR-SE UMA SOLUÇÃO
Joaquim José Oliveira Chagas
RETALHOS DE UM PAÍS
José Ailson Ferreira Leite
ESPECIAL SEMANA SANTA - DOMINGO DE PÁSCOA
José Antônio (Toninho)
Cirurgiões-dentistas ganham autorização para solicitar exames complementares
José Avelar Alécio
ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
José de Melo Carvalho
AFONSO ALECIO GOMES, UM BANCÁRIO EXEMPLAR
José Malta Neto
FRANCISCO JOSÉ, 40 ANOS NO AR
José Vaneir Soares Vieira
VIII - A TERRA E O CÉU FUGIRAM DE DEUS - i
Luciene Amaral da Silva
DETALHES
Manoel Augusto
Jogos de azar !!!???
Maria Lúcia Nobre dos Santos
RIO BALDO
Marta Alves Lemos
Três amores
Paiva Netto
Jesus, o Mestre do ensino, no ensino, como Mestre
Pe. José Neto de França
“É MAIS FÁCIL ‘TANGER’ BOI DO QUE ‘TANGER’ GENTE”
Pedro Cardoso Costa
ABRAÇO DE AFOGADOS
Rogivaldo Chagas
A NATUREZA DAS ESCOLHAS
Sibele Arroxellas
TAMBORIM

Últimas Atualizações
DEFESA ARROJADA
Jesus, o Mestre do ensino, no ensino, como Mestre
“HAND SPINNER”: VOCÊ PERTENCE A ESSA GERAÇÃO?
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados