Santana do Ipanema - quinta, 22 de junho de 2017
  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
Augusto Ferreira
Conheça o colunista Fale com o colunista
 

29/06/2010
Solidariedade começa com pequenos gestos
 
O Brasil passa por momento de alegria, crise e caos. A televisão, em busca de audiência tem espaço de manhã, tarde e noite sobre o evento da África do Sul. Os brasileiros são estampados na mídia com sorrisos largos e confiantes de que seremos hexa e isso significa reconfirmar que a seleção brasileira é a melhor do mundo. Dunga se zangou no início do campeonato com a mídia, mas assessorado pelos seus braços direito mudou de postura. Não tenho dúvidas de que em breve estará dando entrevistas exclusivas a televisão mais poderosa e intocável do país.

Pelos últimos dados já são mais de 80 mil desabrigados com as enchentes de Alagoas e Pernambuco. A televisão mostra as desgraças quase que por obrigação. Acompanhei hoje pela manhã o noticiário e constatei. Duas partes inteiras para as notícias da Copa e 45 segundos para as desgraças do nordeste. Os telejornais, que deveriam ter um papel social, informar, mas também ajudar às mudanças não está preocupado com isso. Pão e circo são mais cômodos e lucrativos.

Enquanto a seleção brasileira tira lágrimas de emoção da torcida, a televisão apresenta o espetáculo nas principais cidades do país, todos comemorando e chorando, a população atingida pelas chuvas no nordeste do país chora por perder tudo que conseguiu com muito sacrifício. Há famílias completamente sem rumo, sem perspectivas, sem sonhos... e o que resta é chorar, não de emoção, mas de desespero.

A mídia não merece elogios na cobertura dos desastres. Seu papel tem sido insignificante enquanto compromisso social, porém merece elogios a população brasileira que tem se mostrado solidária. São centenas de voluntários que trabalham para minimizar os problemas nesses Estados. As doações para as primeiras necessidades chegam de todo país. É a união fazendo a força. Vamos juntos ajudar a reconstruir as cidades atingidas pelas chuvas em Alagoas e Pernambuco. Esse povo precisa voltar a sorrir. Mídia e Dunga a parte, nosso compromisso como cidadão é ajudar os nossos irmãos que estão em situação difícil.

Últimas publicações
- Solidariedade começa com pequenos gestos
- Ficha Limpa e futebol
- A escola mais querida da região sertaneja
Colunistas
Antonio Machado
DIA DOS NAMORADOS
Archimedes Marques
DELEGADO ARCHIMEDES CONTRA O MATA SETE
Augusto Ferreira
Solidariedade começa com pequenos gestos
Carlindo de Lira
INTERIORIZAÇÃO versus METROPOLIZAÇÃO
Carlito Lima
SOCORRINHO
Cicero de Souza Sobrinho (Prof. Juca)
Fabulosa
Clerisvaldo B. Chagas
Resposta Benigna a Machado
Djalma Carvalho
A MENINA DO PASSO
Fábio Campos
SANTO ANTÔNIO, EU VOU DE BICICLETA!
João do Mato
O QUE É UM PROBLEMÃO PODE TORNAR-SE UMA SOLUÇÃO
Joaquim José Oliveira Chagas
RETALHOS DE UM PAÍS
José Ailson Ferreira Leite
ESPECIAL SEMANA SANTA - DOMINGO DE PÁSCOA
José Antônio (Toninho)
Cirurgiões-dentistas ganham autorização para solicitar exames complementares
José Avelar Alécio
ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
José de Melo Carvalho
AFONSO ALECIO GOMES, UM BANCÁRIO EXEMPLAR
José Malta Neto
FRANCISCO JOSÉ, 40 ANOS NO AR
José Vaneir Soares Vieira
VIII - A TERRA E O CÉU FUGIRAM DE DEUS - i
Luciene Amaral da Silva
O DESAFIO DO CUIDADO
Manoel Augusto
Jogos de azar !!!???
Maria Lúcia Nobre dos Santos
RIO BALDO
Marta Alves Lemos
Três amores
Paiva Netto
Doe vida
Pe. José Neto de França
CICATRIZES OU FERIDAS?
Pedro Cardoso Costa
REFORMA DA PREVIDÊNCIA: QUAL EMPREITEIRA ESTÁ BANCANDO?
Rogivaldo Chagas
A NATUREZA DAS ESCOLHAS
Sibele Arroxellas
E dois anos se passaram...

Últimas Atualizações
Doe vida
CICATRIZES OU FERIDAS?
Vencendo as diferenças
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados