Santana do Ipanema - quinta, 23 de novembro de 2017

  Informação
Assistência Social
Cultura
Curiosidades
Economia
Educação
Entrevistas
Esportes
Geral
Moda & Beleza
Opinião
Polícia
Política
Religião
Saúde
Sexualidade
Turismo
Vídeos
  Especiais
Canal do Sertão
Especiais de Domingo
  Serviço
Documentários
Eventos
Galeria de Fotos
Guia de Negócios
Literatura
Shows e Festas
  Interativo
Fale Conosco
Mural de Recados
Rádio Portal Maltanet
Webmail
 
Antonio Machado
Conheça o colunista Fale com o colunista
 

20/11/2017
DO LIXO AO LUXO
 

DO LIXO AO LUXO
Antonio Machado

Quando a criatividade se alia a vontade sempre surgem coisas boas, que muitas vezes, fogem ao convencional, fluindo beleza do invisível aos olhos, só sendo perceptível àqueles dotados da capacidade de fazer, que com inteligência perspicaz e mãos que fazem, são capazes de verem flores no lixo, sendo poucos no mundo de hoje.
Mesmo tendo nascido num modesto lar sem os afagos paternos, nos arrabaldes de Olho d’Água das Flores, Edson Amorim teve os cuidados benfazejos de sua mãe, Dona Maria Eunice Amorim, que de tudo fez para que o filho estudasse e chegasse à universidade, Amorim criou-se vendo seus descendentes trabalharem com artesanato, fazendo chapéus de palha, balaios e outros utensílios e até adereços, usando a palha do ouricurizeiro, vindo daí sua vocação pelas artes do fazer. Na escola, Amorim decidiu sua profissão, queria ser professor, para levar a luz de seu saber aos que sabiam menos, e certamente, aprenderia como escreveu Cora Coralina: “feliz o que ensina o que aprende, e aprende o que ensina”, era assim, Edson Amorim, sentia-se magnetizado, com as aulas, mormente as expositivas, onde os professores pareciam-lhe encantar ainda mais a sua vocação para o magistério, como alimentar a seu desejo no manuseio das artes, na habilidade do fazer, pois tudo isso estava no seu sangue, herança de seus descendentes que foram artesãos.
Sabendo de seu talento e confiando nele, quando o Governo Federal lançou o projeto Prêmio Professores do Brasil, Edson Amorim já exercia o cargo de professor municipal, na escola Luis José Gregório no sítio Gato, município de Olho d’Água das Flores, apressou-se em se inscrever com o tema centrado no projeto do lixo ao luxo. Entusiasmou-se com o ideal, pois via em seu plano a possibilidade de mostrar seu talento a outras pessoas, para tanto, usou os estudantes da própria escola que sob sua orientação levou aqueles jovens ávido de conhecimento a aprenderem a fazer fazendo, valendo aqui resaltar o poeta Colly Flores, que dentro de sua rudeza intelectual escreveu: “a felicidade se torna maior quando partilhada com os outros”.
Qual não foi a surpresa do professor Edson Amorim ao ver seu trabalho classificado pelo Ministério da Educação, colocando-o em segundo lugar, pois acreditou nas mãos pequeninas e habilidosas no fazendo acontecer, coisas grandiosas, usando tampas de garrafas, palitos e outros objetos do lixo, que uma vez reciclados constituíram-se obras de arte. Na vida prática, quando ocorrem as transversões da vida levado às pessoas a degradação e ocorre à força da transformação aí acontece à reciclagem humana, brotando flores do lixo nos lares das famílias, talvez o paradoxo fuja ao assunto, mas uma realidade pródiga deve ser sempre lembrada. Agora Edson Amorim é só elogio nos e-mails que os amigos e colegas lhe tem enviado e vai receber uma placa em Maceió por seu talento levando bem longe o nome de sua escola, fazendo crescer o seu município na área educacional, porque talento não se impõe já se nasce com ele, e na escola se aperfeiçoa.


Últimas publicações
- DO LIXO AO LUXO
- OS CONTROVERTIDOS LIXÕES
- JORNAL COMEMOROU O ANIVERSÁRIO COM FESTA
Colunistas
Antonio Machado
DO LIXO AO LUXO
Archimedes Marques
DELEGADO ARCHIMEDES CONTRA O MATA SETE
Augusto Ferreira
Solidariedade começa com pequenos gestos
Carlindo de Lira
INTERIORIZAÇÃO versus METROPOLIZAÇÃO
Carlito Lima
SOCORRINHO
Cicero de Souza Sobrinho (Prof. Juca)
Fabulosa
Clerisvaldo B. Chagas
Resposta Benigna a Machado
Djalma Carvalho
COLEGA, GOZADOR, POLIGLOTA
Fábio Campos
QUEM É ESTA MULHER?
João do Mato
O QUE É UM PROBLEMÃO PODE TORNAR-SE UMA SOLUÇÃO
Joaquim José Oliveira Chagas
RETALHOS DE UM PAÍS
José Ailson Ferreira Leite
ESPECIAL SEMANA SANTA - DOMINGO DE PÁSCOA
José Antônio (Toninho)
Cirurgiões-dentistas ganham autorização para solicitar exames complementares
José Avelar Alécio
ENSINO PÚBLICO DE ALAGOAS x ENEM
José de Melo Carvalho
AFONSO ALECIO GOMES, UM BANCÁRIO EXEMPLAR
José Malta Fontes
SERTÃO EM FLOR
José Vaneir Soares Vieira
VIII - A TERRA E O CÉU FUGIRAM DE DEUS - i
Luciene Amaral da Silva
DETALHES
Manoel Augusto
Jogos de azar !!!???
Maria Lúcia Nobre dos Santos
RIO BALDO
Marta Alves Lemos
Desabrochando pra vida!
Paiva Netto
Doe sangue
Pe. José Neto de França
VOCE SE CONSIDERA UMA PESSOA MEDROSA?
Pedro Cardoso Costa
ABRAÇO DE AFOGADOS
Rogivaldo Chagas
A NATUREZA DAS ESCOLHAS
Sibele Arroxellas
TAMBORIM

Últimas Atualizações
Doe sangue
DO LIXO AO LUXO
Lincoln, o prego e o reino
 
© 2001/2017 - Portal Maltanet - Todos os direitos reservados